22°

Festival
Arte Serrinha

08 a 28 de julho de 2024
Bragança Paulista | SP

O Festival Arte Serrinha é, há mais de 20 anos, um espaço de livre criação e difusão da arte, de encontros, experimentação de linguagens e nascedouro de ideias sobre temas relevantes para a sociedade.

Em 2024, a 22a. edição traz o tema Atlânticos com parceiros como o Museu da Língua Portuguesa, o Festival Encontros de Alvito (Portugal), a Bienal de Coimbra e a Jahmek Contemporary Art Gallery (Luanda), recebendo atividades e artistas que representam a contribuição dos países lusófonos atlânticos para o mundo contemporâneo.

Programação

15 a 24 de julho

Vagas : 25

A proposta desta residência é proporcionar aos participantes uma experiência imersiva na dança com um espírito de retiro na natureza. A ideia é misturar a teoria e a prática da dança com espaço para as pesquisas individuais de cada um e também lançar uma proposta performática coletiva para apresentar no final do processo. Com direção da experiente coreógrafa Morena Nascimento esta residência busca despertar um território livre e autoral para os participantes.

O objetivo é propor exercícios de organização do movimento através de princípios básicos sobre alinhamento, equilíbrio, tensão e relaxamento, queda e recuperação, fluência, acelerações e desacelerações, através da repetição de partituras coreográficas e improvisações guiadas, organizando a partir de pulsos rítmicos e redescobrindo o prazer de dançar coletivamente.

A residência é aberta para coreógrafos, dançarinos, atores, estudantes e artistas interessados em movimento e imagem. Todos passarão por um processo seletivo para participar desta experiência inédita no Festival Arte Serrinha e 25 participantes serão selecionados.

Para participar, envie até o dia 10 de junho uma carta de interesse, seu currículo e um vídeo de até 2 minutos dançando.

Os candidatos aprovados serão notificados por e-mail até o dia 15 de junho. Nesse e-mail, forneceremos o link do Sympla para efetuar a compra da residência.

Valor da residência:

R$500 inteira

R$250 meia

Mais informações e inscrições aqui

Graduada em dança pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (2001) e, na Alemanha, pela Folkwang Hôchschule (2008). Atuou como professora convidada do curso de graduação no Departamento de Artes Corporais na Universidade Estadual de Campinas, ministrando a disciplina “Ateliê de Criação” V e VI, no período de agosto de 2010 a junho de 2011. Integrou de 2007 a 2010 o Tanztheater Wuppertal Pina Bausch, companhia com a qual continua contribuindo artisticamente como bailarina convidada. Integrou o 1° Ato Grupo de Danca, de Belo Horizonte, de 2001 a 2004. Ministrou aulas de Dança-Teatral Contemporânea para a Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, bem como cursos e workshops de dança em diversas instituições no Brasil e exterior, desenvolvendo ferramentas artístico-pedagógicas para o ensino da dança. Criou inúmeras obras autorais em dança, com as quais circulou em importantes festivais nacionais e internacionais, dentre as mais relevantes, “Clarabóia” (2010), “Um diálogo entre música e Dança” (2010), “Rêverie” (2013), “Antonia” (2016). “Um jeito de Corpo” (2018). Coreografou importantes companhias brasileiras de dança como o Balé da Cidade de São Paulo (SP), Cia de Dança Palácio das Artes (MG) e Balé do Teatro Castro Alves (BA). Pesquisa a interface entre dança e música, abrangendo as áreas de Dança Moderna e Contemporânea, Composição Coreográfica, Improvisação e História da Dança. É mestranda do PPGDança da Universidade Federal da Bahia sob orientação de Daniela Bemfica Guimarães.

15 a 20 de julho

Vagas : 20

Com foco nas artes visuais e performances, a Residência Artística da 22ª edição do Festival Arte Serrinha tem como público-alvo artistas e estudantes de arte que já tenham uma pesquisa pessoal desenvolvida e queiram produzir e dialogar com outros artistas e também com o ambiente inspirador da Serrinha, a Mata Atlântica e a comunidade do nosso entorno.

Cada participante poderá contar com o espaço ideal para criar suas obras em dois ateliês que contam com paredes, mesas de trabalho e bancadas, além de poder explorar a área externa da Fazenda Serrinha, que tem uma tradição em produzir e mostrar obras que dialogam com a paisagem.

Virginia de Medeiros, artista visual e pesquisadora,  será a orientadora da proposta e, durante toda a semana, haverá outros artistas, pensadores e curadores convidados para comentar e conversar sobre as produções.

No final do Festival, as obras e pesquisas desenvolvidas serão mostradas ao público em uma exposição montada no próprio espaço.

Para participar, envie até o dia 10 de junho uma carta de interesse, seu currículo e um vídeo de até 2 minutos dançando.

Os candidatos aprovados serão notificados por e-mail até o dia 15 de junho. Nesse e-mail, forneceremos o link do Sympla para efetuar a compra da residência.

Valor da residência:

R$500 inteira

R$250 meia

Mais informações e inscrições aqui

Virginia de Medeiros é mestre em Artes Visuais pela EBA-UFBA. Doutoranda no Programa de Estudos Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica PUC-SP. Sua prática artística tem como eixo: a alteridade e o ambivalente, o afetivo e o imagético campo das relações. Pressupostos comuns ao campo das artes e do documentário instrumentalizam a pesquisa: deslocamento, participação e fabulação. A artista participou da 31 ª e 27ª Bienal Internacional de São Paulo. Em 2015 ganhou o Prêmio PIPA voto popular e júri; foi artista premiada na 5ª Edição Prêmio Marcantonio Vilaça. Vencedora do 18º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil. Artista comissionada da 11 ª Bienal de Arte Contemporânea de Berlim 2020. Ao longo da sua trajetória realizou inúmeras exposições, entre elas: 2023 Ana Mendieta- Silhueta em Fogo/Terra Abrecaminhos, Sesc Pompéia [São Paulo]; 2020 11ª Bienal de Arte Contemporânea de Berlim, [Berlim]; 2019 Liebe und Ethnologie, HKW Haus der Kulturen der Welt, [Berlim]; 2019 Histórias Feministas, MASP [São Paulo]; 2017-2018 História da Sexualidade, MASP [São Paulo]; 2016 La réplica Infiel, Centro de Arte 2 de Mayo [Madri]; 2015 Rainbow in the dark: no joy e tormento of Faith, Malmö Konstmuseum [Malmö].

Onde Acontece?

A programação do Festival acontece na Fazenda Serrinha, no Centro Cultural do Parque Natural Arte Serrinha e no Galpão Busca Vida.

  • Para chegar na Fazenda Serrinha (recepção do Festival, restaurante, barzinho, pousada e ateliê principal):
  • Para chegar no Centro Cultural Arte Serrinha (acesso ao Parque Natural e shows):
  • Para chegar no Galpão Busca Vida (shows):

Temos estacionamento no local!

  • A entrada na Fazenda Serrinha e no Parque Natural Arte Serrinha é gratuita durante o período do Festival, exceto em dias de show ou espetáculo.
  • O Restaurante da Fazenda Serrinha funciona diariamente durante o Festival para café da manhã das 7h30 às 9h e para almoço das 12h30 às 14h30. O Barzinho do Ateliê funciona diariamente durante o Festival das 15h às 23h.

Fotos

Vídeos

Na Imprensa

1_Viagem_e_Turismo_2006
2_Folha_Ilustrada_2008
3_Estadao_Caderno2_2008
4_Estadao_Caderno2_2009
5_Folha_Ilustrada_2012
6_Bravo_2012
6_Estadao_Caderno2_2013
7_Folha_Cotidiano_2014
8_Folha_Ilustrada_2016
9_Folha_Vitrola_2016

Entre
Em Contato

contato.arte.serrinha@gmail.com

Patrocínio

Parceria

Realização

Copyright ©️ 2024 – Todos os direitos reservados – Festival Arte Serrinha